Quando as notícias ruins viram poesia

Fotografia: Mickaelly Raiane

Nem é preciso acompanhar tanto a TV e os jornais para saber que a situação aqui em Natal (RN) não esta nada boa. Há alguns dias os detentos da penitenciaria de Alcaçuz se enfrentam, deixando muitos mortos e feridos. A população também sofre com isso, todas as linhas de ônibus foram recolhidas por motivos de segurança e sabe-se lá quando tudo isso voltará ao normal.

Ontem, enquanto folheava um jornal impresso aqui da cidade, percebi o quão complexa é a profissão de um jornalista. Parece fácil absorver informações e transforma-las em palavras, mas não é.

A cada matéria lida pude perceber o quão regrado (e as vezes enfadonho) é um jornal. Notícia, editorial, politica, economia e por ai vai.

Resolvi pegar as palavras já existentes e transformá-las em poesia, porque as vezes se faz necessário tirar da barbárie um pouco de arte.

Foi assim que ficou:

***Obs: Não quero que enxerguem isso como uma afronta a tudo que esta acontecendo, minha intenção com este blog é promover a arte, independente de onde ela surgir.

beijos-mickaelly


7 comentários sobre “Quando as notícias ruins viram poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s